domingo, 11 de outubro de 2015

Palavras ao vento

 
Palavras ao vento
despidas da sua fantasia
ficaram inacabadas
e quando eu as chamo
parece até mentira
mas elas são poesia.

Vou procura-las sem saber onde
desejo que nunca tenham fim
ali no meio da rua
carregam o dia de alguém
num desespero mudo
na noite o silêncio em mim.

Perco-me em mim mesmo
tento construir-me…
Sentado á beira mar
combino frases
palavras ao vento
vêm meu pensamento acudir-me.

Meu refugio é a esperança
faço esculturas com os poemas
rasgo a folha, risco, rabisco…
deixei de lado a dor
dos meus erros do passado
escrevo poemas de amor.

Bom mesmo é poder dizer
quantas vezes me der vontade
meu pensamento é viajante
neste infinito sem fim…
palavras ao vento
escrevo sempre a saudade.

Palavras ao vento
Fazem-me engolir sentimentos
O coração que reclama
Ferido, magoado…
Promessas de eternidade
Na folha de papel… momentos.

𺰘¨¨˜°ºð079/2015𺰘¨¨˜°ºð
Autor: 𺰘¨¨˜°ºðCarlosCoelho𺰘¨¨˜°ºð
Foto da Net 

Copyright © 2015
© Reservados os Direitos de Autor
Ao Abrigo do Código de Direitos de Autor

Sem comentários: