domingo, 27 de dezembro de 2015

Ó lua que vais tão alta

 
Ó lua que vais tão alta
cheia e plena de esplendor
tu que iluminas o céu
e o Cristo Rei redentor.

Dos meus braços aos teus
nosso amor, nossas emoções
nos nossos doces momentos,
nascem mágicas emoções.

Uma das coisas mais belas
é contigo contemplar o céu
Murmurar baixinho…
linda lua Cristo Rei nos deu.

Quase pareces beijar
o Cristo Rei redentor
quando dois corações se juntam
neste universo de amor.

Como é bom encontrarem-se assim
unidos em harmonia
a lua mostra o seu brilhar
o Cristo Rei ,amor pleno, dia a dia.

Ó lua tu estás rendida
numa noite de luar
o amor é isto tudo
o Cristo Rei a brilhar.

𺰘¨¨˜°ºð090/2015𺰘¨¨˜°ºð
Autor: 𺰘¨¨˜°ºðCarlosCoelho𺰘¨¨˜°ºð
Foto da Net 

Copyright © 2015
© Reservados os Direitos de Autor
Ao Abrigo do Código de Direitos de Autor

domingo, 20 de dezembro de 2015

Queria

Queria tanto ir além
queria seguir-te
queria a tua paixão
de igual modo possuir-te…

Queria a tua face
acariciar
queria no teu corpo
ser um barco e navegar

Queria na tua pele
ao de leve tocar
queria-te só minha
para a ti me entregar.

Queria ser todo teu
queria tanto ir mais além
depois do prazer,
ao de leve te beijar sem desdém.

Queria que se prolongasse
o verbo amar para sempre
queria-te apaixonada
Doce, intensa, eternamente.
𺰘¨¨˜°ºð089/2015𺰘¨¨˜°ºð
Autor: 𺰘¨¨˜°ºðCarlosCoelho𺰘¨¨˜°ºð
Foto da Net 

Copyright © 2015
© Reservados os Direitos de Autor
Ao Abrigo do Código de Direitos de Autor

domingo, 13 de dezembro de 2015

A chama do teu olhar

 
Não apagues a chama do teu olhar
tu és a luz
que incendiou o meu olhar
a luz que despertou a vida
adormecida em mim.

Não apagues a chama do teu olhar
fonte de inspiração
enigmática e apaixonante.
Nós temos sonhos
e vivemos esses sonhos.

Não apagues a chama do teu olhar
o desejo é a locomotiva
do coração.
Move-me pela esperança
leva-me ao encontro do desejo.

Não apagues a chama do teu olhar
onde jogo a vida
num olhar cru.
Um olhar desapontado
que me rouba a alma.

Não apagues a chama do teu olhar
rimos… Procuramos…
Consertar a mágoa
as mossas do corpo
as mossas da alma.

Não apagues a chama do teu olhar
Quando a noite cair
E o sol deixar de brilhar…
Quem sabe…
Se o sol brilhará para nós.

𺰘¨¨˜°ºð088/2015𺰘¨¨˜°ºð
Autor: 𺰘¨¨˜°ºðCarlosCoelho𺰘¨¨˜°ºð
Foto da Net 

Copyright © 2015
© Reservados os Direitos de Autor
Ao Abrigo do Código de Direitos de Autor

domingo, 6 de dezembro de 2015

O tempo é infinito

 
Faz-me acreditar
quando te ausentas das palavras
que correm nas tuas veias.
Esta força que me embala a alma…
O tempo é infinito

E nós olhamo-nos em silêncio.
O mar ondulante
deixa-me sem asas para voar.
Os sonhos parecem realidade
A promessa mantem-se…

A esperança brilhou
nos nossos olhos.
Nenhuma alma apaixonada
é indiferente,
ao tempo  infinito.

As nossas desilusões
conjugam a vontade de amar.
Paixão sublime
completamente irresistível…
Uma luz deslumbrante no ar.

Os ardentes raios de sol
o mar…
Quando tu vens, neste nobre caminho
Caminho…
O mar ondulante e espumante.

O tempo é infinito,
deixa-me sem asas para voar,
mas a melhor maneira
de conservar o amor
é partilhá-lo, e amar…

𺰘¨¨˜°ºð087/2015𺰘¨¨˜°ºð
Autor: 𺰘¨¨˜°ºðCarlosCoelho𺰘¨¨˜°ºð
Foto da Net 

Copyright © 2015
© Reservados os Direitos de Autor  
Ao Abrigo do Código de Direitos de Autor